quinta-feira, dezembro 04, 2014

Como limpar e manter sua máquina de costura em 10 passos!!!

Olá meninas!

Uma das dúvidas mais comuns nos cursos é sobre a máquina de costura. Algumas meninas adoram o universo das costurices, mas tem medo da maquininha de todos os dias.
Eu dou um Curso que se chama Máquina de Costura de A a Z, onde a aluna aprende todos os segredos da máquina, a limpeza e manutenção, alguns truques de costura básica, como bainhas, acabamentos, prender fitas e sinhaninhas, cordonê, zíper, entre outros,  além de conhecer todos os acessórios da máquina, que vem com ela e os disponíveis para compra.

O curso é uma delícia e garante que vc saia de lá com um outro olhar sobre a máquina. O fato é que na hora de limpar as meninas que não tinham medo, criam. E as que já tinham, se apavoram.

Limpar a máquina é de suma importância e além de garantir o bom funcionamento, aumenta a vida útil dela. E o melhor, garante que ela não tenha vida própria. :) Algumas meninas me dizem que as máquinas só funcionam quando querem.

As vezes o problema está mais embaixo. Limpar e lubrificar garante momentos divertidos para as duas.

Quando tive a minha primeira máquina, eu me desesperei com a linha presa na bonina com tecido e tudo. Fiquei meia hora parada sem saber o que fazer. Até q puxei tudo e rasguei o que deveria ser um lindo porta lápis. Quando tive meu ateliê lá em Campinas (bons e saudosos tempos!), eu tinha um técnico muito disputado. Seu Juarez. Indicado pela amigona Cristina Vicentini. Seu Juarez não só ia na minha casa limpar as máquinas do Ateliê, como as das alunas que deixavam lá as delas esperando o bendito do técnico. Como seu Juarez era muitoooo ocupado - dava manutenção naquelas industrias todas de Campinas e Região - chegou pra mim e me pediu pra não dar mais o número dele para as desesperadas da costura simplesmente pq ele não tinha tempo. rsrs Então combinamos uma aula e ele me passou o pouco que sei nesta rápida manutenção. Aprendi e passei não só a aplicar isso nas minhas máquinas, como despertei a curiosidade sobre essas mocinhas amigas de todas as horas. Fiz curso online, assisti aulas do Senati (senati mesmo, tudo em espanhol), e por aí vai. O importante é que máquina aqui em casa não dá piti! rsrs Pede socorro! rsrs

As vezes alguns técnicos vão na sua casa pra resolver um problema tão bobo q um pouco de carinho e conhecimento resolveria, E vc economiza no mínimo uns 50,00. :) Afinal, nem todo técnico é um Seu Juarez que quando o problema era bobo, ele nem cobrava.

Antes vc precisa separar seu material básico.

Chave de Fenda
Lupa
Óleo para Máquina (precisa ser para máquina mesmo e com bico dosador, nada de spray)
Pincel macio de qualidade (daqueles baratinhos mesmo, mas precisa ser macio)
Pinça daquelas mais compridas
Álcool para limpeza interna (as vezes nem é necessário)
Cotonete / algodão
Lustra móvel para limpeza externa
Fio de linha resistente - pode ser fio dental sem sabor, sem nada. Só o fio.
flanela
Aspirador de pó de baixa potência - cuidado ao utilizá-lo. Precisa ser fraquinho somente para retirar a poeira da parte inferior.
Manual de instruções


Então vamos lá!
Primeiro deixe o medo de lado. Se vc estiver insegura, aconselho que tire uma foto da máquina montada, para na hora de montar não haver desespero! :)
Máquinas mais antigas tem a chapa com mais parafusos, e talvez vc se confunda, por isso uma ajuda do maridão (que tem o cérebro mais apto para essas coisas) é válido.

vamos começar:

1. Desligue a máquina da tomada.

2. Com a chave de fenda, remova a agulha e o calcador (utilize o manual).

3. Remova a chapa da agulha. Retire os parafusos e remova a chapa.

4. Abra a caixa da bobina e remova tudo. Tampa e bobina. Retire as alças de proteção e remova as peças.

5. Remova com o pincel todos os fiapos e poeira acumulados. Limpe os dentes repelentes e passe o algodão com álcool removendo sujeira e óleo velho. Passe o aspirador de baixa potência de maneira rápida somente para remover a poeira onde você não alcança. Quem não tiver, basta soprar no sentido inverso. Coloque uma máscara por causa da poeira.

6. Passe um pouco de álcool no fio de linha e passe-o entre os discos de tensão. Importante: Nunca passe óleo ou silicone nessa parte. O disco de tensão não pode ser alterado com substâncias gordurosas. Tente passar de trás para frente afim de remover qualquer fiapo que possa ter se partido por  lá.

7. Desparafuse a parte superior da sua máquina e passe levemente o pincel. Nesta área, muitos parafusos e molas podem se soltar. O ideal é que vc  limpe suavemente apenas para tirar a poeira. Esta área deve ser acessada por um profissional e qualquer remoção de um parafuso pode além de danificar, fazer vc perder a garantia. Se tiver medo demais... Pule essa parte! :) A limpeza na área inferior já garante um bom funcionamento da sua máquina. Para troca de lâmpada, essa área é indispensável. Aqui não se deve passar aspirador.

8. Lubrifique a caixa de bobina. Existem dois modelos diferentes. A que fica embutida na parte inferior da máquina e as que ficam na parte superior. Dentro delas existe o meio, uma bolinha no centro. É onde se deve pingar uma ou duas gotas de óleo. No manual de instruções vem informando como a sua máquina deverá ser lubrificada. Cuidado para não lubrificar onde não se deve, como no disco de tensão, por exemplo. Eu gosto de dar um pingo no volante com a máquina deitada.

9. É hora de montar. Veja no manual ou recorra as fotos que vc tirou e remonte sua máquina q já deve estar limpa e lubrificada. Não esqueça da agulha e do calcador.

10. Limpe a área externa com uma flanela removendo a poeira. Passe um pouco de lustra móvel, exceto no painel eletrônico, caso sua máquina tenha. Uma pequena quantidade é suficiente. Após espalhar tudo, passe o outro lado da flanela para remover o excesso e polir, O lustra móvel garante que a poeira não grude, facilitando a limpeza com pano seco e para quem faz quilt, deixa a superfície mais deslizante.

Máquina limpa, é hora de testar!
Utilize um pano para teste, afim de retirar toda a poeira e excesso de óleo; costure até a linha sair limpa.

A limpeza pode ser feita a cada 8h de uso e a cada trabalho pesado, com mantas e tecidos que soltam muito fiapo. Caso você não utilize muito, uma vez a cada mês a limpeza da bobina é fundamental.
Lugares mais secos precisam que as máquinas sejam lubrificadas mais vezes.
Essa limpeza aumenta a vida útil da sua máquina, mas não dispensa um técnico. Algumas peças podem se desgastar com o tempo e só o técnico saberá informar. O ideal é que sua máquina vá ao médico uma vez por ano. Marque na sua agenda junto com o mês que vc faz o seu preventivo. Assim vc não esquece. :)

Dica: A agulha precisa ser trocada periodicamente. Uma agulha tem uma vida de 8 - 12h de costura, de acordo com as indústrias do ramo. É necessário fazer a troca no tempo correto. As vezes um ponto embolado, uma linha que se solta muito ou quebra com facilidade pode ocorrer pelo fato da agulha estar velha. :) Se vc nunca trocou, aproveite o momento para trocar.

Ainda quanto as agulhas, existe no mercado uma infinidade de tipos e espessuras. É ideal que para cada trabalho vc utilize a agulha correta. No manual vc encontra uma tabela com essa relação.

Gostaram? :)
Qualquer dúvida, entrem em contato!

Informações sobre cursos: natalydbiase@gmail.com

Xeiros

segunda-feira, novembro 10, 2014

Olá flores! Tudo corrido por aqui mas muitas novidades acontecendo! 

Aulas estão sempre acontecendo por aqui e trabalhos novos tb! Como esses das fotos abaixo! 

Minha semana se divide em duas casas:

Cia das Artes - Quartas com Patch Afins e projetos diferentes toda semana! 

Mosaico de Panos - Segundas, terças, quintas, sextas e sábados com cursos de patchwork, Bonecas, Costuras e muito mais! 

E aqui em casa sempre tem um tempinho pra costurices e um papinho com as amigas! :) 



Stitch and Slash - curso com Carol Ann Wough (muitoooo Bom!!!)


Um pedacinho do meu cantinho e uma máquina da minha coleção.


Um mini Sampler para as alunas do Curso de Patch I. 


Inspirado nos desenhos da faculdade de Artes um lindo projeto com de Quilt Art. 


Peça do Curso de patchwork I, um belo pé de cama. 


Trilho de Mesa em Patch todo quiltado! :)


E onde tudo acontece! Se vc mora pertinho, marque uma visita e vamos tomar aquele cafezinho! :) 

Mil xeiros em todas e em breve volto com um monte de novidades!!! 




sexta-feira, julho 25, 2014

Aulas e Aulas...

Oi flores! :)

Eu ando sempre tão sumida que já não tem graça iniciar o post dizendo: Meninas, ando tão sumida!
rsrs

Então preciso criar uma outra forma de iniciar... Mas como ainda não achei, vou iniciando assim mesmo!

Aqui anda muito calor, muita chuva e muito vento! Mas o melhor é que as costurices não param e eu ando sempre trabalhando muito. :) Oba!

Sabe que outro dia estava a caminho de uma aula e tava pensando quanto tempo faz que não posto nada de passo a passo... (pensando no carro! Ultimamente só tenho tempo pra pensar em algo quando tô a caminho das aulas, sozinha no carro!!! Pode isso? rsrs), voltando... Faz tempo que não posto nada. Nem em vídeo e nem em foto. Vixi... Fotografado então, nem me fale quanto tempo faz!

Fiquei intrigada e chateada em como não consigo ter tempo nem mesmo para fotografar o que tá pronto. Toda semana levo um monte de coisas prontas para os ateliês que dou aula e não fotografo por falta de tempo!

Pensei pra lá, pra cá... Dei aula pensando nisso e me fiz a promessa que preciso realmente rever isso tudo.
Primeiro o tempo; depois as fotos.

Hoje mesmo, quando chegar na aula, fotografarei um monte de coisa que fiz e que tá lá exposto.
Tem cada trabalho primoroso... sabe aquele perfeito do meu jeito? Então... Estão perfeitos! Do meu jeito.

Essa coisa de perfeito do meu jeito eu defendo muito com as minhas alunas. Explico e ressalto a importância do estar bem feito, do ter carinho em fazer, do capricho mesmo. Mas perfeitooooo não pode ficar! Perfeitoooo não. E quer saber? Se for perfeito eu não quero! Não tem a correria do dia embutida, não tem o choro da criança, o almoço do marido... O carinho no meio do dia para os filhos. Não tem o cheiro do almoço queimando... É! Perfeito, perfeito não existe! E o perfeito do meio jeito vem carregado de um dia primoroso! De um dia daqueles da gente, que a gente reclama e reclama (como eu que não tem tempo), mas que no fundo não vive sem! Acha ruim quando não tem o que fazer. Perfeito do meu jeito porque carrega consigo um monte da minha energia, que foi passada ali, pelas minhas mãos.
Olhe bem pro seu trabalho... Encare-o! Aceite-o perfeito do seu jeito. Porque o jeito perfeito do outro pode ser cruel e muitas vezes exigente demais. E muitas vezes o outro nem tem esse perfeito todo que acha! Já perceberam isso? rsrs

Nas aulas defendo demais o perfeito do meu jeito e deixo aqui pra você essa sementinha de sentimento.
O seu trabalho tem que ser BEM FEITO. Com carinho, com capricho... Com mãos de quem faz um monte de coisas tudo junto! E perfeito... Do seu jeito! :)

Mas voltando... Os trabalhinhos das aulas estão mesmo primorosos! Olha que nem sou de dizer que faço bem feito, mas estão cheios de carinho. Vcs verão! Irei fotografar e mostro aqui depois! Tomara que tenha tempo pra isso logo!!!!!!!!! rsrs

Então vim aqui somente pra dizer que tô viva! :) Que ando am il!!!! E que em bfeve posto um monte de fotos e um monte de passo a passo fofo pra vcs! Aguardem!!! rsrs

Mil xeiros em todas!!!!

quinta-feira, junho 19, 2014

Mosaico de Panos: Curso de Patchwork em Natal / RN no Mosaico de Pan...



Quilting in Bee

   Durante algum tempo, o quilting era uma necessidade para as mulheres; o frio exigia que colchas e casacos fossem feitos para agasalhar.
 O trabalho era feito em sua maioria, por uma única pessoa ou por alguns componentes de uma mesma família, como  mãe e filhas. 
   As famílias moravam longe uma das outras e o convívio social resumia-se apenas nos encontros na igreja. Para terem mais encontros, assim como os homens, as mulheres iniciaram projetos de costura para um bem comum, como ajudar na comunidade ou costurar para um bebê que iria chegar. A partir dessa ideia de gênio, o Quilting in Bee começou. Consistia em cada uma fazer um pedacinho do projeto. As mais habilidosas em costura, costuravam; outras preferiam o quilt,  e como abelhinhas unidas, finalizavam peças maiores e que levariam meses para execução. 
   O fato, é que o evento ficou notório e os encontros mais constantes. 
A filha do aldeão iria casar, então as mulheres daquela região se uniam para fazer as colchas do casamento. Um bebê iria nascer e as roupas e mantas eram confeccionadas através destes encontros. 
   Os encontros das mulheres serviam de base para novas relações. Os maridos iniciavam um projeto novo, novas amizades surgiam e até novas paixões. 
Por tempos, a Colcha foi apenas um detalhe para que novas relações surgissem e o Patchwork e o Quilt, estavam inseridos no contexto não como figurantes, mas como personagens principais. 

Texto: Nataly De Biase

***

Esta é uma das técnicas que você irá aprender no Curso Básico de Patchwork no Ateliê Mosaico de Panos. Com a professora Nataly De Biase, muitas destas técnicas e historias serão apreciadas. 
Um Patchwork descomplicado, moderno e fácil, mas que não abre mão da essência e das lindas historias que o Patchwork pode proporcionar. 

O conteúdo programático é divido e isso facilita o aprendizado. A base é fundamental e o aprendizado garantido. 
No Curso de Patchwork Básico do Ateliê Mosaico de Panos com Nataly De Biase, você não aprenderá somente a montar blocos, mas a entendê-los, a calculá-los e criá-los. Como facilitar o trabalho, o corte, como armazenar os tecidos, os retalhos; Costura em Cadeia, finalização dos trabalhos. Peças simples e com funcionalidade. 

Você aprenderá como tantas técnicas podem fazer parte da sua historia!


Curso: Patchwork Básico Nível I, II e III
No Ateliê Mosaico de Pano - CCAB Sul - Natal / RN


Inicio do Curso de Patchwork Básico Nível I - 20/06/2014 - das 14h às 17h, no Ateliê Mosaico de Pano. 

Para pré-inscrição ou mais informações, favor enviar email para <mosaicodepanos@gmail.com> ou ligar para (84) 3302 - 8634

Ao final do Curso, faremos uma linda Exposição com as peças das Alunas e será emitido um Certificado. As alunas podem ainda continuar sua busca pelo saber e o prazer de aprender com o nosso Curso de Patchwork Básico Nível II e III.

Vagas Limitadas!

quarta-feira, maio 28, 2014

Novo romance!

Oi meninas queridas!

Saudades de escrever e contar o que anda se passando por aqui!!

Estou de casa nova, contei pra vcs? Ai gente... um charminho! Um dia posto a decoração! rsrss IMPROVISADA! Mas até que tá atraente, viu? rsrs

O ruim é o meu cantinho. A casinha tem 3 quartos, fiquei com o da bagunça e já viu, né? Tudo misturado. Mesmo com uma mesa enormeeee (que é o que me salva), fico sem muito glamour pra fazer meus vídeos. (vejam o vídeo da saia infantil que vcs verão meu novo cantinho!).

Mas vim hj contar sobre meu mais novo romance! Vcs sabem que amo bonecas (parece que não tive infância!). Mas amo tudo que é bonequinha, tudo que tem cor clara, pastel, vintage, delicado, etc, etc, etc!!!


Pausa pra falar de outra coisa que tem a ver com essa... (coisa de gente doida que pensa em mais de uma coisa ao mesmo tempo):

Sabe quando parece que vc nasceu na época errada? Me sinto assim! Curioso, né?

Eu gosto muito de ler... ler... e ler! E costumo ler tudo que me interessa, e o melhor (ou pior), estudo tudo! Vou atrás de artigos numerosos e em línguas que só o Translate pra me salvar!

Daí, uma época, tava estudando sobre o visagismo, li uns livros aqui e um outro que gostei muito (Art and Illusion). E vi como a relação me pareceu conveniente. Eu tenho os dois pés na arte e tudo que fala dela me anima.

Na minha loucura (sim, é loucura!), eu relacionei esse visagismo ao que faço. E comecei a perceber como as pessoas eram e como elas podiam se enxergar no que faziam.

De acordo com o visagismo, sou melancólica! Isso explica tudo e todo o meu gosto tão aguado em que minha mãe sempre falava: Menina, coloca mais cor nisso!!! Que aguado! rsrs


Isso reflete não só nas sua preferências em cores e afins, mas no que vc veste, como vc se comporta...

Vale a pena vcs fazerem esse teste ou consulta.

Eu costumo avaliar minhas alunas para destiná-las ao encontro delas mesmas. Não adianta vc querer impor cores nos trabalhos, precisa saber o que cada uma é...  Isso vai influenciar muito no estilo que essa pessoa deve seguir.
Curioso, né? Eu faço isso com as minhas alunas e dá muito certo.

Saber as cores e o que te comove, automaticamente te leva a criar o que é visível aos seus olhos.

Ex.: Eu AMO demais patchwork (quase nunca posto nada de quilt e patch, e bordado, mas são coisas que faço muito), mas o patchwork tradicional, primitivo americano e europeu não me atrai. Eu particularmente não gostaria de compor uma peça com tons marrons e vermelhos e mostardas. Como vemos nos patchworks da vida (falo aqui do patchwork mesmooo! Do antigo, o Primitivo). Algumas meninas seguem a linha, e eu acho lindo! Mesmo! Mas não gostaria de fazer.
Já o Patchwork Japonês, com tons pastéis, eu gosto. Engraçado, né? Tem marrom, tem cinza... Mas me atrai.  O Patchwork Vintage e o Patchwork Americano Contemporâneo me atraem muito tb! :)

E buscar a causa desse efeito de atração, compõe o seu estilo.

Acreditem! Vale muito a pena se conhecer, se entender, e não se deixar influenciar...

Em outro post eu falo um pouco sobre o visagismo e como eu (loucamente) relacionei isso com o artesanato!!! (maluquinha coitada! rs)

O fato é que o visagismo acabou ajudando a me encontrar e procurar o que realmente gosto. Essa relação me enriqueceu.

Mas enfim... (voltando aquele assunto lá de cima!! rsrs)

Deixemos visagismo de lado e vamos falar da minha paixão...

Sabem que eu fuço o mundo nesse meu ratinho, né? (ratinho é o meu not que é bem pequenininho).

Eu vou à Paris, Caracas, Quieve, Ancara, Londres, Tóquio, Moscou...

Fuço todo o canto atrás de artesanato. E há um tempo, tinha visto umas bonequinhas nos Patch Japonês e fiquei altamente curiosa.

Procura daqui, procura de lá e cadê um nome pra técnica ou o nome do estilo?
Nadaaaaa...

ninguém sabia.

Pouca gente sabe! E eu ainda tô fuçando...

Mas quem procura acha! E achei! Depois do nome, a coisa flui né gente? Pouco ainda...
 A coisa tá ganhando espaço aos poucos, embora há muito esteja aí apresentada ao mundo, e poucos falem dela ou saibam.

A técnica envolve o Needle Turn (virada da agulha - quase tudo feito a mão), Patchwork e quilt.
Tudo numa peça só! Tudo que eu queria! rs

É trabalhoso, parece difícil no começo...
Para encontrar é russo! Agora já sei onde procurar e ficou mais fácil!

E é fofoooo... Muito fofo!

São as Shinnie ou Shinnie's.

Se vc procurar no google, possivelmente não achará NADA!!

Mas adicione o Quilt... Shinnie's Quilt e virão algumas poucas coisas!

São livros. Até agora vi três diferentes. Mas nada mais sobre o assunto, quem criou ou um site (sem ser em mandarim) que compartilhe algo.

Eu já vi em algumas feiras alguma coisinha parecida. Um apliqué parecido. Mas a diferença é o design das bonequinhas junto com os tons. Assim como acontece com as Tildas. No Brasil, a febre chegou muito lentamente, passou e pronto. Sei de algumas meninas que fazem, que conhecem, ou que viram. Mas nada colérico, como as Tildas.

Como a maioria ainda não conhece. Então, vim contar pra vcs que sim!!! Elas existem!

As Shinnies, são encantadoras de verdade! Como as Tildas, viciam se vc fizer uma.

No youtube achei algumas coisas, na net alguns grupos, sites que passam moldes e tutoriais. Tudo em línguas pra lá do outro lado!! rsrs

Mas falando o inglês embromatchion, a gente se acerta.

Estou encantada... Apaixonada por elas!

O melhor, é que todas as peças estão agregadas em alguma bolsa, necessaire. Isso garante que vc a leve pra todo lado!

Olhem que doçura!



A capa de um dos livros.
A ruiva é minha preferida! 

Essa da Janela está nos meus planos!!!

O passo a passo de uma bolsinha vc confere nesse link abaixo:


clique aqui para o Tutorial em chinês de uma bolsinha Shinnies. 

O blog Sina tem muita coisa!!! Muito pap! Vale a pena fuçar!



Convido vcs para compor uma pecinha dessas e divulgar também na net, para que tenhamos mais material inspirador!!! :)

Que acham? Movimento Shinnies!!! rsrs

Estou aqui no meu canto fazendo! Logo vcs verão algumas coisas. Enquanto isso, vão fazendo aí também!!!

Espero que tenham gostado!

Xeiros